Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
 << Voltar
Educação
Universidade Contemporânea
Elisabete Monteiro de Aguiar Pereira, Maria de Lourdes P. de Almeida.
ISBN: 978-85-7591-107-5
Formato: 14 x 21 cm | Acabamento: Brochura
Páginas: 14 x 21 cm | Ano: 2009 | Edição: 1
Idioma: Português
Preço: R$ 34,30

Políticas do Processo de Bolonha

Sinopse:

DE R$ 49,00 POR R$ 34,30.

Este livro sobre as atuais políticas de educação superior da Europa, conhecidas como “Processo de Bolonha”, traz importantes textos tanto da perspectiva de autores europeus que as estão vivenciando, como de autores brasileiros apresentando uma análise crítica de seus princípios, objetivos e compromissos políticos. O livro assume importância uma vez que o Processo de Bolonha abrange atualmente, 45 países. O texto interessa a todo estudioso, ou professor universitário, que deseja conhecer questões implicadas tanto na estrutura das instituições de educação superior como no desenvolvimento curricular destas.

A intenção de publicar um livro sobre a política da educação superior européia foi a de possibilitar ao público brasileiro um contato mais sistematizado com o denominado “Processo de Bolonha”, ao qual se integram 45 países europeus. Os capítulos aqui reunidos apresentam debates sobre essa política que, de uma forma ou outra, está modificando a estruturação da educação superior, das instituições e dos currículos de todas as universidades européias. O Processo de Bolonha tem uma perspectiva político-educativa com a formalização de um sistema europeu de ensino superior que vai para além das questões pedagógicas e curriculares.

O sistema tem seu marco oficial na Declaração de Bolonha de Junho de 1999, e seus princípios estão assentados na idéia base de ser um sistema flexível que permita a mobilidade de estudantes e docentes entre os países pertencentes à Comunidade Européia e a de instituir um diploma de graduação reconhecido em todos os países membro. A proposição desse sistema suscitou muitas discussões em torno das questões sobre universidade, sobre seu papel, sobre as próprias condições de mobilidade e sobre as formas de estruturar o currículo universitário. Este último tem merecido especial debate. O entendimento curricular é o de uma arquitetura regida por homogêneos princípios de formação e de tempo acadêmico, com a finalidade de ser possibilitado o reconhecimento dos diferentes graus acadêmicos – graduação e pós-graduação – no âmbito europeu.
A comunidade acadêmica brasileira tem acompanhado o desenvolvimento desse processo através de palestras, debates e publicações. A intenção de organizar esta coletânea com artigos escritos por estudiosos da questão, tanto no âmbito europeu como no âmbito brasileiro, foi a de possibilitar uma análise das diferentes apreciações feitas aos seus princípios, objetivos e desenvolvimento.

Sobre os Autores:
Elisabete Monteiro de Aguiar Pereira - É Professora Titular da Faculdade de Educação da Unicamp. Recebeu o Prêmio Zeferino Vaz em 2014 e o Prêmio Péter Muranyi em 2013. Foi Assessora da Pró-Reitoria de Graduação da Unicamp (1998-2002); Coordenadora Associada da Pós-Graduação da Faculdade de Educação, Unicamp (2010-2012). Mestre em Educação pela University of Sheffield e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Livre Docente e Professora Titular pela Unicamp. Coordenadora do Grupo Internacional de Estudos e Pesquisa sobre Educação Superior (GIEPES) e do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Educação Superior (GEPES), da Faculdade de Educação da Unicamp.

Maria de Lourdes P. de Almeida - Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas (1984), habilitação em Orientação Educacional. Graduada em História pela Faculdade de Ciências e Letras Plínio Augusto do Amaral (1988). Mestrado em Filosofia, História e Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Doutorado em Filosofia, História e Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2001). Desde 2003 é Pesquisadora e Secretária Executiva do GEPES - Grupo Nacional de Estudos e Pesquisas em Ensino Superior, da Faculdade de Educação da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Atualmente é Docente Pesquisadora e Coordenadora do PPGE da Uniplac, SC. Foi Docente Pesquisadora (na condição de Profª. Colaboradora) da USP, ESALQ, (2004-2005) campus de Piracicaba, no Departamento de Ciências Sociais Aplicadas. Também lecionou na PUC, Campinas na graduação e orientou vários TCCs do curso de Pedagogia, e Projetos de Pesquisa em Estágio para os cursos de Artes, Geografia, Pedagogia. É membro da Sociedade Brasileira de História da Educação. Pesquisadora do GT 11, Políticas Educacionais do Ensino Superior da ANPEd. É Pós doutora pelo IG, Unicamp, Departamento de Política, Ciência e Tecnologia, É Profª. Colaboradora do DPCT do I.G. da Unicamp, pesquisadora do CNPq (2009-2010) e pesquisadora da Capes/INEP Projeto de Investigação edital Observatório de Educação (2011-2013).

Forma de Pagamento :