Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
 << Voltar
Estudos da Linguagem
Ciências da Linguagem: O Fazer Científico? Volume 1
Adair Vieira Gonçalves, Marcos Lúcio de Sousa Góis.
ISBN: 978-85-7591-186-0
Formato: 14 x 21 | Acabamento: Brochura
Páginas: 14 x 21 | Ano: 2012 | Edição: 1
Idioma: Português
Preço: R$ 65,10

(Organização: Adair Vieira Gonçalves e Marcos Lúcio de Sousa Góis)

Sinopse:

DE R$ 93,00 POR R$ 65,10.

Este livro nasceu de uma constatação e, por consequência, de uma necessidade: embora existam no meio acadêmico diversos livros de introdução aos estudos da linguagem, faltava um material que estivesse mais próximo da investigação como uma prática. Não necessariamente uma obra de introdução à pesquisa, mas que estivesse bem próximo disso. Para dar uma resposta, lançamos um desafio a inúmeros pesquisadores brasileiros e estrangeiros, convidando-os a responder, em síntese, à seguinte pergunta: “Suponhamos que um estudante quisesse fazer pesquisa em sua linha/área de investigação, o que ele precisa saber (e) fazer?”. Estando dirigida a questão, deixamos os escritores livres para colocar no papel seu fazer científico.
A essência deste trabalho, portanto, se deve aos seus autores, colegas de trabalhos e de sonhos, que se dedicaram a laborar o texto, a colocar no papel seu fazer científico e a deixar aos mais novos, além de migalhas de pão pelo caminho.

SOBRE OS AUTORES:

Adair Vieira Gonçalves (org.) é docente da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Possui doutorado pela Unesp, com período sanduíche na Faculdade de Educação e Ciências da Linguagem, da Universidade de Genebra/Suíça.

César Nardelli Cambraia é professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais e doutor em Filologia e Língua Portuguesa pela USP e realizou estágio de pós-doutorado na Universitat de Barcelona no período de 2009-2010.

Claudia Zavaglia é professora adjunto da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquista Filho - Unesp/Ibilce. Livre-Docente em Lexicografia e Lexicologia e doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Unesp.

Cristina Carneiro Rodrigues é professora assistente-doutorA da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de São José do Rio Preto. possui doutorado em Linguística pela Unicamp.

Esmeralda Vailati Negrão é professora titular do Departamento de Linguística da Universidade de São Paulo. Doutora em Linguística pela University of Wisconsin - Madison, EUA, realizou estágio de pós-doutorado, com bolsa CNPq, na University of California, Los Angeles.

Gladis Maria de Barcellos Almeida é professora associada da Universidade Federal de São Carlos. Possui doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela Unesp. Realizou seu estágio pós-doutoral na Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona.

Gladis Massini-Cagliari é professora adjunto da Unesp. Fez Pós-Doutorado na University of Oxford. Em 2005, obteve a Livre-Docência em Fonologia na Unesp, Araraquara.

José Borges Neto é professor titular aposentado da Universidade Federal do Paraná, onde continua lecionando como professor-sênior. Realizou estágio de pós-doutorado na Scuola Normale Superiore de Pisa, Itália, com bolsa do CNPq.

Ieda Maria Alves é professora titular da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Doutora em Linguística pela Université Paris 3 (Sorbonne Nouvelle, Paris) e Livre-Docente pela USP.

Kanavillil Rajagopalan (Rajan) é professor titular na área de Semântica e Pragmática das Línguas Naturais da Unicamp e pesquisador do CNPq. É Doutor em Linguística Aplicada (PUC-SP) e Pós-Doutor em Filosofia da Linguagem (Universidade da Califórnia, Berkeley).

Luiz Carlos Cagliari é Professor Adjunto MS-5 da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de Araraquara e Professor Titular pela Unicamp. É doutor em Linguística pela Universidade de Edimburgo (Escócia) e Livre docente pela Unicamp.

Marcos Lúcio de Sousa Góis (org.) é docente da Universidade Federal da Grande Dourados. Doutor pela Unesp, possui também estágio sanduíche no Centro de Estudos Sociais, da Universidade de Coimbra.

Marcus Vinicius Lunguinho é doutor em Linguística pela USP; mestre em Linguística pela UnB e licenciado em Letras, também pela UnB.

Margarida Basilio é professora Titular da PUC-Rio. Fez Pós-doutorado na Brandeis  University e na University of Texas at Austin.

Maria Mercedes Saraiva Hackerott leciona na Universidade Paulista (Unip) e no Curso de Lato-Senso “Língua Portuguesa e Literatura” da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Doutora em Semiótica e Linguística Geral pela USP.

Mariana Santos de Resenes é doutoranda em Linguística pela USP de São Paulo, com estágio na City University of New York; mestre em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Olga Ferreira Coelho é professora do Departamento de Linguística da USP. Doutora em Semiótica e Linguística Geral pela USP, realizou estágio de pós-doutorado, com bolsa da Japan Society for Promotion of Science (JSPS), na Universidade de Tóquio para Estudos Estrangeiros.

Tony Berber Sardinha é docente da PUC-SP onde leciona as disciplinas Linguística de Corpus, Linguística Aplicada, Linguística em geral, Ensino de Línguas. É doutor pelo Departamento de Inglês da University of Liverpool (Reino Unido) e Pós-Doutorado pela Northern Arizona University (EUA).

Vivian Orsi é professora assistente doutora do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas - Unesp/ Ibilce, São José do Rio Preto. Doutora em Estudos Linguísticos (Análise Linguística) pela Unesp de São José do Rio Preto.

Sobre os Autores:
Adair Vieira Gonçalves - Adair Vieira Gonçalves é docente da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e coordenador do grupo de pesquisa “Gêneros textuais e Formação de Professores”, GETFOR/UFGD/CNPq. Possui doutorado pela Unesp, Universidade do Estado de São Paulo, com período sanduíche na Faculdade de Educação e Ciências da Linguagem, da Universidade de Genebra/Suíça. Participa, na condição de pesquisador,  de outros dois grupos de pesquisa. O primeiro com sede na Universidade Federal do Tocantins “Práticas de Linguagem em Estágio Supervisionado - PLES”- sob a coordenação do Prof. Dr. Wagner Rodrigues Silva; o segundo com sede na Universidade Estadual de Londrina, Gêneros textuais e Mediações Formativas – Gemfor, sob a supervisão da prof. Drª Elvira Lopes Nascimento. É editor da seção de Linguística e Linguística Aplicada da Revista Raído/UFGD. As principais publicações do autor são capítulos de livros e artigos publicados em diversos periódicos brasileiros. Entre os livros, há Gêneros, Interação e Letramento, organizado com Milene Bazarim, e Ciências da Linguagem: o fazer científico?, organizado com Marcos Lúcio de Sousa Góis, publicado pela Editora Mercado de Letras. adairgoncalves@uol.com.br

Marcos Lúcio de Sousa Góis - Marcos Lúcio de Sousa Góis é docente da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), trabalhando com disciplinas de Linguagem, Discurso e Ideologia, Fundamentos de Linguística II e Laboratório de Textos Científicos I e II. É Membro dos grupos de pesquisa “Gêneros textuais e Formação de Professores” – GETFOR/UFGD/CNPq e “Grupo de Estudos Discursivos – Gedis/UFG” e do Programa de Pós-Graduação em Letras – PPGL/UFGD. Possui licenciatura em Letras pela Universidade Federal de Goiás; Mestrado e Doutorado pela Universidade Estadual Paulista, com estágio sanduíche no Centro de Estudos Sociais, da Universidade de Coimbra, sob a orientação do Prof. Dr. Boaventura de Sousa Santos. Dentre as publicações, destaque para Literatura e Linguística: práticas de interculturalidade no Mato Grosso do Sul (2010), organizado com o Prof. Dr. Paulo Sérgio Nolasco dos Santos pela editora da UFGD. Tem experiência na área de Linguística e Língua Portuguesa, atuando principalmente em Análise do Discurso e Estudos Pós-coloniais; Análise do Discurso e Estudos Interculturais; Análise do discurso e ensino de língua materna. mlsgois2008@uol.com.br

Forma de Pagamento :