Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
 << Voltar
Lingüística
Linguas Indigenas - Tradicao, Universais e Diversidade
Luciana Storto.
ISBN: 978-85-7591-543-1
Formato: 16 x 23 | Acabamento: Brochura
Páginas: 16 x 23 | Ano: 2019 | Edição: 1
Idioma: Portugues
Preço: R$ 34,30
Sinopse:

DE R$ 49,00 POR R$ 34,30

A tendência é que as 154 línguas faladas hoje em território nacional desapareçam completamente nos próximos 100 anos, pois trata-se de línguas representadas por um número baixo de falantes e que já estão deixando de ser faladas por crianças em muitas comunidades. Este livro apresenta ao leitor o tema línguas indígenas, com dois objetivos imediatos: (1) informar os resultados de pesquisas recentes sobre línguas brasileiras em uma linguagem acessível ao leitor universitário, exemplificando os resultados da ciência linguística nessa área do conhecimento; (2) estimular o surgimento de novos estudiosos e ativistas das línguas indígenas, para que o quadro de ameaça em que elas se encontram atualmente possa ser revertido. Apresenta-se um panorama de três áreas multilíngues do Brasil como exemplo de riqueza cultural, narrativas de dois povos indígenas como exemplo de tradições e fenômenos linguísticos como ilustração de universais e diversidade linguística.

SOBRE A AUTORA:

Luciana Storto é professora doutora do Departamento de Linguística da Universidade de São Paulo desde 2003, e faz parte do Programa de Pós-Graduação do mesmo departamento desde 2006. Iniciou sua carreira de pesquisa como bolsista do Setor de Línguas Indígenas do Museu Emílio Goledi (MCT), fez mestrado em Linguística na Pennsylvania State University, doutorado em Linguística no Massachusetts Institute of Technology e pós-doutorados no Museu Nacional/UFRJ, no Museu de Arqueologia e Etnologia/USP e na Universidade de Edimburgo. Especializou-se desde 1992 sobre a língua indígena Karitiana (Tupi Arikém), e desde 2013 iniciou pesquisa sobre a Língua Dâw (Naduhup) e sobre multilinguismo em projetos bilaterais com a Universidade do Texas. Publica nos temas Caso, concordância, estrutura argumental, tópico, foco, duplicação, subordinação, aspecto, nasalidade, acento tonal, glotalização, diacronia da família Tupi, e fonética e fonologia das línguas sul americanas. É idealizadora e uma das organizadoras do livro Sintaxe e Semântica do Verbo em Línguas Indígenas no Brasil (Mercado de Letras 2015).

Sobre os Autores:
Luciana Storto - É professora doutora do Departamento de Linguística da Universidade de São Paulo desde 2003, e faz parte do Programa de Pós-Graduação do mesmo departamento desde 2006. Iniciou sua carreira de pesquisa como bolsista do Setor de Línguas Indígenas do Museu Emílio Goledi (MCT), fez mestrado em Linguística na Pennsylvania State University, doutorado em Linguística no Massachusetts Institute of Technology e pós-doutorados no Museu Nacional/UFRJ, no Museu de Arqueologia e Etnologia/USP e na Universidade de Edimburgo. Especializou-se desde 1992 sobre a língua indígena Karitiana (Tupi Arikém), e desde 2013 iniciou pesquisa sobre a Língua Dâw (Naduhup) e sobre multilinguismo em projetos bilaterais com a Universidade do Texas. Publica nos temas Caso, concordância, estrutura argumental, tópico, foco, duplicação, subordinação, aspecto, nasalidade, acento tonal, glotalização, diacronia da família Tupi, e fonética e fonologia das línguas sul americanas. É idealizadora e uma das organizadoras do livro Sintaxe e Semântica do Verbo em Línguas Indígenas no Brasil (Mercado de Letras 2015).

Forma de Pagamento :