Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Da Letra ao Píxel e do Píxel à Letra - Uma Análise Discursiva do e Sobre o Virtual

(Organização: Elzira Yoko Uyeno, Márcia A. A. Mascia e Maria José Coracini)

• Elzira Yoko Uyeno
• Márcia Aparecida Amador Mascia
• Maria José Coracini

DE R$ 95,00 POR R$ 66,50.

A temática que orientou esta obra gira em torno das chamadas novas tecnologias e do impacto que elas têm causado no cotidiano de cidadãos brasileiros, trazendo transformações inevitáveis para a constituição da subjetividade dos usuários, para o ensino e para a sociedade de modo geral. Embora se possa dizer que a temática não seja tão original assim – uma vez que proliferam livros e artigos em torno da escrita na internet; da linguagem usada na internet (o chamado internetês); do uso de computadores no ensino presencial e, sobretudo, no ensino a distância, em todas as disciplinas acadêmicas, desde o ensino fundamental até os cursos de pós-graduação - a forma de tratamento dado ao tema, a base teórica que fundamenta a análise dos diferentes corpora constituem aspectos inovadores.
De um lado, moveu-nos a preocupação em não propor soluções nem sugestões de material didático ou de metodologia, mas em lançar um olhar questionador e proble-matizador sobre uma realidade inelutável e contra a qual nada há a fazer a não ser desnaturalizá-la para que compreendamos alguns de seus possíveis efeitos na sociedade e na constituição subjetiva dos usuários – dentre os quais nós mesmos – e, assim, não sejamos surpreendidos por mudanças drásticas no modo de pensar e agir daqueles que se relacionam conosco. Por outro lado, a preocupação em não considerar de antemão que a solução dos problemas práticos do dia a dia no ensino de línguas (área que nos interessa de perto) está nas mãos da tecnologia, como parecem pressupor textos da área e orientações do MEC estimulando o EaD, por exemplo.
Embora o ensino a distância se pareça mais democrático, é ainda mais autoritário, na medida que permite ao professor um maior controle sobre o aluno: ele pode retornar ao ambiente virtual e rever a posteriori a aula, as discussões, o que cada aluno falou, quem não participou, quem não abriu a página para fazer as atividades propostas, a que horas cada aluno se conectou etc. etc. Seria, então, mais democrático o ensino a distância? Formaria um aluno mais autônomo? O material seria realmente novo? O que se retoma do ensino presencial e o que se apresenta de forma diferente? O aumento de motivação, se isso de fato acontece, deve-se a quê? Ao material, à ausência do professor ou ao veículo? A representação de aluno não corresponde àquelas encontradas nas aulas presenciais ou nos materiais didáticos em papel? Como os textos escritos diretamente em píxeis, digitados, portanto, no teclado (como os blogs escolares) funcionam? Em que se distinguem das redações escolares (em papel?). Essas são algumas das questões que nos interessa responder, embora apenas algumas constituam objeto de algum capítulo desta obra.

 
 
Por: R$ 66,50
ISBN: 978-85-7591-169-3
Páginas: 432
Formato: 14 x 21 cm
Altura: 20
Largura: 14
Comprimento: 21
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2011
 
 
Forma de Pagamento :