Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Falação em Sala de Aula: A Indisciplina Escolar em Reflexão
• Fátima Aparecida Cezarim dos Santos

DE: R$ 83,00 POR: R$ 58,10 

A nomeação de um evento pode ser sua predicação e a determinação de sua existência caracterizadas a partir daquele que o nomeia. Evitar a nomeação de um agir em sala de aula sem que houvesse uma profunda reflexão foi o que levou a autora ter um ceticismo saudável em relação à Falação em sala de aula: um agir cotidiano que vem afligindo os contextos escolares atuais. Nesta obra a autora coloca  em reflexão o próprio conceito de indisciplina, fazendo-a navegar pelo pensamento foucaultiano. Em seguinda, toma a 'falação' como uma posição ativa do sujeito falante, em que os indíviduos expressam a si e ao mundo no uso da linguagem que constitui a consciência humana em uma experiência histórica. Para isso, o pensamento vigotskiano e bakhtiniano proveram os alicerces teóricos. Ao final, a autora traz à tona os sentidos e significados de tal agir nas vozes dos professores e alunos: os protagonistas dessa experiência viva. São os participantes da pesquisa que nos contam o que a Falação em sala de aula é. Com seus enunciados, é desvelada a síntese da falação: a ponta do iceberg de uma situação sócio-econômico-educacional, em que está mergulhada a escola pública paulista. A vivência de tal realidade inscreve-se na subjetividade de professores e alunos como um sofrimento psicossocial, cuja determinação é sócio-política. Para se chegar às conclusões exigidas pelo fenômeno investigado, foi necessário uma interpretação materialista-histórico-dialética. Para tal contemplação, dois gêneros textuais dialogam - a dissertação e o conto - permitido pela transdisciplinaridade da Linguística Aplicada Contemporânea.

SOBRE A AUTORA:

Fátima Aparecida Cezarim dos Santos - Aluna da escola pública estadual em sua educação básica, é doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, na área de Linguística Aplicada da Unesp, Rio Preto (SP). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação de Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem na PUC-SP, ministrou aulas em universidades privadas e escolas de idiomas. Participou de projeto de formação continuada colaborativa com professores de inglês da rede municipal de São José de Rio Preto. Bolsista da Capes; seus interesses se voltam para a formação de professores de línguas, o ensino-aprendizagem de língua inglesa, em especial nas escolas públicas brasileiras.

 
 
Por: R$ 58,10
ISBN: 978-85-7591-327-7
Páginas: 352
Formato: 16 x 23
Altura: 18
Largura: 16
Comprimento: 23
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2014
 
 
Forma de Pagamento :