Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Educação e Leitura - Desafios e Criatividade

(Organização: Marly Amarilha)

• Marly Amarilha

DE: R$ 54,00   POR: R$ 37,80

Ao colocarmos em evidência a temática “desafios e criatividade”, nesta coletânea, entendemos que o permanente embate no cotidiano das práticas em Educação está pleno de desafios que, por sua vez, provocam estimulantes atitudes criativas. Ora acreditamos que gestores preparados farão as mudanças profundas de que nossa educação precisa.

Ora investimos recursos em projetos que visam superar lacunas no modelo que implantamos nos sistemas. Ora pensamos ser a qualificação do professor o aspecto a ser mais valorizado. Embates, desafios, problemas não nos faltam; e em igual dimensão e diversidade somos convocados a exercer nossa capacidade de criar, de recriar caminhos, atitudes, ideias para nos superarmos e superar os limites das condições que se nos apresentam. Inventar caminhos é também uma forma de criarmos nossa identidade e sustentarmos nossa dignidade de educadores, como enunciam nossas epígrafes. Estamos mesmo, inventando caminhos, colaborando com nossos jovens para que sejam criativos?

SOBRE A ORGANIZADORA:

Marly Amarilha é Ph.D. pela University of London (1990). Professora Titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte no Programa de Pós-Graduação em Educação e no Departamento de Fundamentos e Política da Educação. Coordena o grupo interinstitucional “Ensino e Linguagem” (CNPq). Tem experiência na área de Educação e Letras, com ênfase em Teoria da Leitura e Ensino de Literatura. Pesquisa os temas: leitura; linguagens; literatura; literatura infantil, educação fundamental; formação do leitor. Bolsista de Produtividade do CNPq. Autora de “Estão mortas as fadas? Literatura Infantil e prática pedagógica” (9ª reimp. 2012; Vozes); “Alice que não foi ao país das maravilhas: leitura crítica na sala de aula” (2006; Vozes). É editora da coleção Educação e Leitura, que já está no 5º volume. Tem artigos publicados na Inglaterra, França, Espanha e Brasil.

SOBRE OS AUTORES:

Alessandra Cardozo de Freitas é doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005) onde atua como Professora Adjunta no Departamento de Práticas Pedagógicas e Currículo e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Pesquisadora vinculada ao Grupo de pesquisa “Ensino e Linguagem”. Estuda a interface Educação, Psicologia e Letras temas relacionados à formação do leitor: literatura infantil, leitura, argumentação, mediação pedagógica, contação e recontação de histórias na educação infantil e no ensino fundamental. É coeditora da Revista Educação em Questão do Centro de Educação da UFRN. Tem trabalhos publicados no Brasil e na França.

Alexandre Lopes é bacharel em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mestre em Educação Especial pela Universidade de Miami; doutorado pela Florida International University (EUA). É professor de educação infantil de crianças com necessidades especiais na escola Carol Elementary, Miami, Estados Unidos. Consultor de projeto do Conselho de Crianças Excepcionais dos Estados Unidos. Por sua atuação recebeu vários prêmios: Educador Destaque da Universidade da Flórida (2012); Professor do Ano da Flórida pelo Departamento de Educação da Flórida (2012); Melhor Professor do Ano do condado de Miami-Dade (2012); finalista do concurso nacional Professor do Ano conferido pelo Conselho de Secretários de Educação dos Estados Unidos (2013).

Amarildo Luiz Trevisan é doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Licenciado em Filosofia pela FAFINC e Mestre em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Tem pós-doutorado pela Universidade Carlos III - Madri-Espanha (2015). Professor Associado do Departamento de Fundamentos da Educação, bolsista de produtividade do CNPq. Coordena o Grupo de Pesquisa Formação Cultural, Hermenêutica e Educação. Atua na área de Filosofia da Educação pesquisando os temas: reconhecimento, catástrofe, reificação e formação.  Publicou vários artigos e os livros Filosofia da Educação: mímesis e razão comunicativa (Ed. Unijuí 2000), Pedagogia das imagens culturais: da formação cultural à formação da opinião pública (Ed. Unijuí 2002), Reconhecimento do Outro: Teorias Pedagógicas e Formação Docente (Mercado de Letras 2013). Coorganizou Filosofia e educação: interatividade, singularidade e mundo comum (Mercado de Letras 2013) entre outros.

André de Oliveira Fagundes é graduado em Pedagogia, mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria - RS. É doutor do Programa de Pós-Graduação em Educação da mesma universidade onde defendeu a tese sobre Catástrofe e Educação: a docência no cenário pós-traumático. Pesquisa sobre singularidade, diferença, ética e estética, formação cultural, processos epistemológicos da formação de professores, reconhecimento social do outro, catástrofe, trauma e resistência. Seus trabalhos têm como referência a Teoria crítica e os estudos da Escola de Frankfurth. É membro do Grupo de Pesquisa Formação Cultural, Hermenêutica e Educação (GPFORMA).

Angela Chuvas Naschold possui doutorado em Educação (UFRGS) e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É especialista em Administração de Sistemas Educacionais (PUCRS) e graduada em Pedagogia pelas Faculdades Porto Alegrense de Educação Ciências e Letras. Participa como pesquisadora dos Grupos de Pesquisa Ensino e Linguagem (PPGED/UFRN), Neurociências e Cognição (Instituto do Cérebro/UFRN), Estudos Cognitivos da Linguagem (PPGL/PUCRS), Formação de Professores no Mercosul/Cone Sul (UFRGS). Foi supervisora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre no âmbito da educação das metrópoles urbanas em projetos de busca do acesso, permanência e frequência escolar. Atua na interface educação, leitura e neurociências.

Antônio Pereira Júnior possui mestrado (1994) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997) e Pós-Doutorado na Duke University Medical Center - USA (2005). Atualmente é professor no Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde coordena o Laboratório de Neurociência sensório-motora. Seus interesses científicos incluem: Interface Cérebro Máquina, Educação e Cognição, Plasticidade Neuronal, Doença de Parkinson, Imagética Motora, Morfofisiologia dos Sistemas Sensoriais, Neuropatologia. Faz parte da Rede Nacional de Educação e Ciências que visa melhorar o ensino de ciências para jovens carentes do país. Bolsista de Produtividade do Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

César Quintão Fróes é doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Licenciado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais. É professor adjunto do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Foi bolsista da Fundação Rotária para a área de educação de crianças e adolescentes bem-dotados na Universidade do Sul da Flórida, em Tampa, Estados Unidos. Coautor de diversos livros sobre responsabilidade socioambiental, dentre eles Empreendedorismo Social: Transição para a Sociedade Sustentável.

Denise de Souza Fleith é graduada em Psicologia pela Universidade de Brasília (1985), realizou o mestrado na mesma instituição, na área de Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento, defendendo sua dissertação no ano de 1990. Concluiu o doutorado em Psicologia Educacional pela University Of Connecticut - USA (1999) e pós-doutorado pela University of Warwick - Inglaterra (2005). Atualmente é professora adjunta da Universidade de Brasília, no Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento. Realizou ao longo de sua carreira estudos na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Educacional, atuando principalmente nos temas relacionados à criatividade, ao treinamento de criatividade, bilinguismo, autoconceito e à superdotação.  É coautora do livro Toc Toc Plim Plim! Lidando com as emoções, brincando com o pensamento através da criatividade, 14. ed. (2014). É bolsista de produtividade do Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Eliana Regina Fritzen Pedroso é mestra em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria. Trabalhou como tutora semipresencial no Curso de Aperfeiçoamento em Docência na Escola de Tempo Integral, UFSM e como tutora a distância no curso Técnico em Multimeios Didáticos do Instituto Federal Farroupilha. Atualmente é Professora Substituta no Instituto Federal Farroupilha - Campus Santo Augusto, ministrando as disciplinas pedagógicas no curso de Licenciatura em Computação. Atua também como Supervisora Pedagógica do Curso e-Tec Idiomas Sem Fronteiras na modalidade Educação a Distância do Instituto Federal Farroupilha. Tem experiência de pesquisa em temas como Formação Docente, Filosofia da Educação, Teorias Educacionais e Educação a Distância.

Ivo Domingues é doutor em Sociologia pela Universidade do Minho (Portugal), onde é professor do Departamento de Sociologia e pesquisador do Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS). Dirige boa parte do seu esforço investigativo para as organizações da educação e da solidariedade social, em que se insere a preocupação com a fraude acadêmica. Investiga o processo de produção de conhecimento transferível para a gestão das organizações complexas que intervêm em fases determinantes para a formação das pessoas ao longo do seu ciclo de vida. Defende a responsabilidade social como requisito da responsabilidade pessoal. Esta é arquipélago alcançável por formação realizada pela atuação de organizações que fazem da sua missão a vela e da sua gestão o mastro da viagem pela formação para a cidadania, vista como prancha do desenvolvimento das sociedades. Tem vários capítulos e artigos publicados. É organizador do livro Organizações - controlo e sustentabilidade (2013).

Maria Alzira de Almeida Pimenta tem graduação em Pedagogia e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Mestre em Artes pela Universidade de São Paulo - USP. Tem experiência na Educação Básica como professora, diretora e Coordenadora de EJA. No ensino Superior, lecionou, nos cursos de administração, turismo e pedagogia disciplinas que tratam de: gestão, comunicação, cultura organizacional, metodologia do trabalho científico e avaliação. Faz parte dos grupos de pesquisa Mediação Pedagógica da UFPB e Desenvolvimento profissional e trabalho docente na contemporaneidade da UNIUBE. É docente do curso de Pós-graduação em Educação da Universidade de Sorocaba-SP. Suas pesquisas tratam sobre avaliação, fraude acadêmica e ética.Maria da Conceição Carvalho é professora nos cursos de graduação e pós-graduação da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. É graduada em Biblioteconomia, mestre em Ciência da Informação e doutora em Estudos Literários, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Seus atuais interesses de pesquisa estão voltados para a teoria e prática de leitura, memória e patrimônio bibliográfico, biblioteca escolar, bebeteca, formação do leitor. É membro do Grupo de Estudos em Biblioteca Escolar (GEBE) da UFMG.

Maria das Graças Pinto Coelho é Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte com estágio na Loughborough University - Reino Unido, onde participou do Culture and Media Analysis Research Group. Possui pós-doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. É Professora Associada da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia. Coordena o GEMINI - Grupo de Estudos da Mídia. Membro do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRN. Pesquisa na área de Comunicação e Cognição, nos seguintes temas: produção de sentido e sociedade; mídias digitais e produção de conteúdos; formação social; subjetividade; inclusão digital; educação a distância; cidadania cultural; recepção e consumo.

Patrícia Gallo é professora e pesquisadora nas áreas de Comunicação, Educação, Design e Tecnologia, com ênfase em Novas Mídias, Narrativa Transmídia, Letramento Midiático, Objetos de Aprendizagem, Startup - negócio em TI. Mestre e doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, especialista em Engenharia e Projetos de Sistema de Informação (2003) e Bacharel em Desenho Industrial - pela Escola de Belas Artes de São Paulo (1996). Fez estágio sandwich na Annenberg School for Communication and Journalism, University of South Caroline, USA, sob orientação dos Profs. Erin Reilly e Henry Jenkins, com bolsa da CAPES. Foi professora da Escola de Comunicação e Artes da Universidade Potiguar e coordenadora da editora UnP. Atualmente, é professora titular da FIAP, tutora a distância da UAB/UFABC e professora convidada na pós-graduação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, USCS/São Paulo.

 
 
Por: R$ 37,80
ISBN: 978-85-7591-458-8
Páginas: 208
Formato: 14 x 21
Altura: 0
Largura: 0
Comprimento: 0
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2017
 
 
Forma de Pagamento :