Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias Sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Mutações do Discurso Político no Brasil - Espetáculo, Poder e Tecnologias de Comunicação

(Organização: Vanice Sargentini)

• Vanice Sargentini

DE: R$ 78,00   POR: R$ 54,60

Nestas três décadas após o fim do regime ditatorial, quais foram as mutações na produção do discurso político brasileiro? Como as tecnologias de comunicação interferiram nessas mudanças? As discussões aqui apresentadas inscrevem-se na tradição dos estudos da Análise do Discurso e analisam uma série de fenômenos do discurso político em circunstâncias nas quais ele passa por uma acentuada espetacularização. Problematizam-se os valores democráticos, reconhecendo que é do interior da própria democracia que alguns temas como espetacularização, midiatização e liberdade de expressão devem ser observados e questionados. Neste livro, os recursos tecnológicos e midiáticos empregados em sites de campanha, em horário gratuito de propaganda eleitoral, em twitter e em redes sociais são descritos e analisados em seus próprios movimentos, revelando como a democracia convive com seus inimigos internos. Será, portanto, considerando as discussões entre a análise do discurso político e os novos dispositivos tecnológicos que convidamos nosso leitor a explorar as mutações do discurso político no período de 1984 a 2014.

SOBRE A ORGANIZADORA:

Vanice Sargentini - Professora Doutora do Departamento de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos e Coordenadora do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (Labor/UFSCar). Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Unesp/Araraquara com Pós-doutorado (PDE/CNPq) na Sorbonne Nouvelle, Paris 3. Organizadora, desde 2006, do Colóquio Internacional de Análise do Discurso (Ciad). Organizou a publicação de algumas obras coletivas como: M Foucault e os domínios da Linguagem, Teoria, métodos e objetos da Análise do Discurso; Semiologia, Discurso e história; Presenças de M. Foucault na Análise do discurso e (In)Subordinações Contemporâneas: Consensos e resistências nos discursos. Possui publicações de artigos e capítulos de livros na área dos estudos do discurso político, em especial sobre o papel da multimodalidade na produção dos discursos políticos na contemporaneidade.

SOBRE OS AUTORES:

Carlos Piovezani - Professor do Departamento de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos. Entre 2013 e 2016, foi coordenador do PPGL/UFSCar. É atualmente coordenador do Laboratório de Estudos do Discurso (Labor/UFSCar) e do Grupo de Estudos sobre a Voz no Discurso (VOX/UFSCar). Foi Professor Visitante na Universidad de Buenos Aires (UBA) e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS/Paris). É autor de Verbo, Corpo e Voz (Editora Unesp 2009) e de artigos e capítulos de livros publicados no Brasil e no exterior, além de ser organizador de obras coletivas, tais como Legados de Michel Pêcheux (Contexto 2011), Presenças de Foucault na Análise do Discurso (EdUFSCar 2014), História da fala pública (Vozes, 2015) e Saussure, o Texto e o Discurso (Parábola 2016).

Geovana Chiari - Doutoranda em Linguística - na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e membro do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (Labor/UFSCar). Mestre em Linguística (PPGL/UFSCar). Foi aluna de Iniciação Científica de 2010 a 2013, tendo realizado trabalhos com apoio do Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Pibic/CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). No primeiro semestre de 2014, cursou disciplinas do Mestrado 1 na Université de Picardie Jules Verne como bolsista de graduação-sanduíche pelo Programa Philéas Accueil - Conseil régional de Picardie. Atua nos seguintes temas: análise do discurso político e midiático, propaganda eleitoral nos sites, insulto no discurso político.

Israel de Sá - Professor na Universidade Federal de Uberlândia. Doutor em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos (PPGL/UFSCar), membro do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (Labor/UFSCar). Mestre em Linguística pela mesma instituição, realizou estágio de pesquisa entre os anos de 2012 e 2013 na Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, com estudos em História das Ideias Linguísticas e Análise do discurso. Possui trabalhos e artigos publicados com ênfase no discurso político, observando produções de identidades de resistência e de memórias da ditadura militar brasileira; a articulação entre discurso, memória e identidade; as discussões em torno da semiologia histórica, tratando das dimensões linguageira, histórica e cultural do discurso.

Juliette Rennes - Institut Marcel Mauss - IMM / Groupe de sociologie politique et moral - GSPM, Paris. Mestre de Conferência no quadro teórico da História Social dos regimes argumentativos na democracia. Desenvolve pesquisas nas áreas da Teoria do Discurso e da Argumentação, da Sociologia do gênero e das profissões e da Sociologia das controvérsias. Destaca-se sua publicação sobre mulheres em trabalhos de homens (Femmes en métiers d’hommes (cartes postales, 1890-1930). Une histoire visuelle du travail et du genre, Bleu Autour, Saint-Pourçain-sur-Sioule, 2013).

Lívia Falconi Pires - Doutora em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos (PPGL/UFSCar), titulada mestre pelo mesmo programa de pós-graduação, membro do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (Labor/UFSCar) desde 2007. Desenvolve pesquisas relacionadas às mutações do discurso político com ênfase no discurso eleitoral presidencial. Realizou, em 2014, estágio de pesquisa na Université de Toulouse (IUT), França, junto ao LERASS, sob a supervisão da Profa. Dra. Marlène Coulomb-Gully com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Luciana Carmona Garcia Manzano - Professora do Programa de Mestrado da Universidade de Franca. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), São Paulo (2014). Realizou estágio doutoral em Toulouse (França), na Université de Toulouse II - Le Mirail, como parte de seu projeto de doutoramento. Tem Mestrado (2010) em Linguística pela mesma instituição. Licenciou-se em Letras, com habilitação em Língua Espanhola, pela mesma instituição, em 2001. É membro do grupo de pesquisas Labor/UFSCar desde 2007. Desenvolve pesquisa na área de Teoria e Análise Linguística, com ênfase em Análise do Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: análise do discurso, semiologia histórica, discurso político, televisão.

Marlène Coulomb-Gully - Professora doutora da Universidade de Toulouse, UPS, IUT e do Observatoire des médias locaux (ESAV, Toulouse 2). Desenvolve pesquisa sobre as temáticas: comunicação política, mídias, televisão e gênero. Atuou como Diretora Científica da Presses Universitaires du Mirail - PUM (2000-2007) e como Vice-Presidente da Associação dos Editores de Pesquisa e do Ensino Superior (2003-2005). Fundou e dirigiu a coleção interdisciplinar “Les Mots de”, PUM. É membro do Comitê Editorial da Revista MOTS - Les langages du politique e coordenadora, na França, do Global Media Monitoring Project 2010 (enquete mundial sobre o Gênero e as Mídias). Suas publicações versam sobre as relações entre política, mídias e gêneros, destacando-se a seguinte: Coulomb Gully M., Présidente: le grand défi. Femmes, politiques et medias. Paris: Éditions Payot & Rivages, 2012.

Pedro Henrique Varoni de Carvalho - Doutor em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos (PPGL/UFSCar) com a tese A voz que canta na Voz que fala: a trajetória poética e polícia de Gilberto Gil defendida em 2013, pesquisador integrante do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (Labor/UFSCar). Mestre em Linguística pela mesma instituição. Autor de Revista Piauí: um acontecimento no arquivo de brasilidade (Ed. Universidade Tiradentes 2014), além de capítulos de livros e artigos publicados em periódicos nacionais. Foi professor no Curso de Jornalismo da Universidade Tiradentes, em Aracaju e Diretor de Jornalismo da TV Sergipe, afiliada da Rede Globo no estado. Produziu e dirigiu programas especiais exibidos pelas emissoras Globo tais como Chora Viola (2004), Ouro de Kaffa (2003) e São João da Gente (2014). Diretor Artístico do DVD Coração Caipira (2006) em homenagem a Tinoco.

Wilson Ricardo Barbosa dos Santos - Doutorando em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal de São Carlos (PPGL/UFSCar), titulado Mestre pelo mesmo programa (apoio Capes), membro do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar (Labor/UFSCar). Licenciado em Letras - Português e Espanhol (2013) pela Universidade Federal de São Carlos. Foi aluno de Iniciação Científica de 2009 a 2011, tendo realizado trabalhos com apoio do Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PIBIC/CNPq). Em 2012, cursou dois semestres regulares na Universidad Nacional de Misiones (FHyCS/UNaM, Argentina) como bolsista de graduação-sanduíche pelo Programa de Parcerias Universitárias entre Países do Mercosul da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Atua nos seguintes temas: análise do discurso político e midiático, censura, memória e democracia.

 
 
Por: R$ 54,60
ISBN: 978-85-7591-484-7
Páginas: 344
Formato: 14 x 21
Altura: 0
Largura: 0
Comprimento: 0
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2017
 
 
Forma de Pagamento :