Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias Sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Diálogos Sobre Educação de Jovens e Adultos

- Desafios Políticos e Pedagógicos da Integração com a Educação Profissional (Organização: Josué Vidal Pereira, Mad'Ana Desirée Ribeiro de Castro e Sebastião Cláudio Barbosa)

• Josué Vidal Pereira
• Mad'Ana Desirée Ribeiro de Castro
• Sebastião Cláudio Barbosa

DE: R$ 52,00   POR: R$ 36,40

Passados onze anos da criação do Programa Nacional de Integração da Educação Básica com a Educação Profissional na Modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja), é muito interessante verificar como a estratégia de constituição de uma política pública, tomando por base o tripé: ofertar cursos (Decreto que obrigava a abertura de turmas do Proeja na rede federal), fazer formação dos professores (cursos de especialização) e realizar pesquisas sobre as experiências de Proeja (Edital Proeja Capes/Setec), deu frutos que seguem sendo colhidos até os dias atuais. Esse livro é mais um deles. A efetivação dos “Diálogos” como espaços de encontros e reencontros dos atores das experiências de Proeja, agora EJA Integrada a Educação Profissional no Instituto Federal de Goiás, socializada nesta produção, buscam evidenciar o que chamamos de “ineditismo” nestas experiências, que tem se revestido de “enormes desafios de natureza pedagógica, mas, também, e não menos importantes, de caráter político”, como assumem seus autores. Fica o convite aos leitores para acessarem as análises apresentadas nos diferentes capítulos e, na medida do possível, estabelecer e/ou manter novos pontos de vista sobre essas temáticas, mantendo o que acreditamos ser um profícuo diálogo permanente com a questão da integração entre EJA e Educação Profissional.

SOBRE OS ORGANIZADORES:

Josué Vidal Pereira - Licenciado em História, pela Fundação Universidade do Tocantins (2001), Especialista em Informática na Educação, pela Universidade Federal de Lavras (2004), Mestre em Educação pela Universidade de Brasília (2011) e Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação da FE - UFG. Atualmente, é professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Goiás - Campus Goiânia. É pesquisador da Educação Profissional e da Educação de Jovens e Adultos, com envolvimento em projetos e estudos nas linhas de pesquisa: Trabalho, Educação e Movimentos Sociais e Políticas e Gestão da Educação Profissional e Tecnológica.

Mad'Ana Desirée Ribeiro de Castro - Possui graduação em História, pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (1988), mestrado em Educação, pela Universidade Federal de Goiás (2001) e doutorado em Educação, pela Universidade Federal de Goiás (2011). É professora titular do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Câmpus Goiânia Oeste. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação de Jovens e Adultos, atuando, principalmente, nos seguintes temas: educação de jovens e adultos, educação profissional, proeja, política de educação profissional e tecnológica. Atualmente, participa da pesquisa Desafios da Educação de Jovens e Adultos Integrada à Educação Profissional: identidades dos sujeitos, currículo integrado, mundo do trabalho e ambiente/mídias virtuais, subprojeto UFG, IFG, IFGoiano, vinculada ao Programa Observatório da Educação da CAPES. Líder do Núcleo de Pesquisas e Estudos em Educação e Formação de Trabalhadores (NUPEEFT) - Câmpus Goiânia Oeste/IFG.

Sebastião Cláudio Barbosa - Possui graduação em História, pela Universidade Federal de Goiás (1987) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Goiás (2003). Atualmente, é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás e professor titular da Secretaria Municipal de Educação de Goiânia. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Interdisciplinaridade e epistemologia. Tem atuado e pesquisado, também, os seguintes temas: educação profissional, proeja, educação pública na modalidade EJA. Discute, a partir do materialismo histórico e dialético: felicidade (gozo social), totalidade e contradição, interdisciplinaridade, políticas públicas para a educação, formação integrada e currículo integrado, o método de Vygotsky, avaliação formativa e ética não normativa. É pesquisador participante do Projeto Observatório da Educação da Capes (CAPES/OBEDUC), por meio da pesquisa “Desafios da Educação de Jovens Adultos integrada à Educação Profissional: identidades dos sujeitos, currículo integrado, mundo do trabalho e ambientes/mídias virtuais” (Subprojeto: UFG, IFG, IFGoiano). Está fazendo o curso de doutoramento em educação, na Faculdade de Educação da UFG.

SOBRE OS AUTORES:

Ádria Assunção Santos de Paula - Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC-GO (1996), com especialização em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP (2002), mestrado em Psicologia do Desenvolvimento pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC/GO (2004), doutoranda no programa de Ciências da Saúde, da Universidade Federal de GOIÁS/UFG (2015). Atuou como psicóloga clínica e educacional. É professora universitária desde 2001, ministrando disciplinas nos cursos de psicologia, pedagogia, fonoaudiologia e diversos cursos de licenciatura. Professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de GOIÁS/CÂMPUS Goiânia Oeste, na área de Psicologia.

Adriely Felipe Tatagiba - Possui Licenciatura Plena em História pelo IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás), 2015. Atualmente, faz Especialização em Políticas e Gestão da Educação Profissional e Tecnológica no IFG. Atua como auxiliar administrativo no Colégio Sena Aires.

Bruno Rodrigues Bueno - Acadêmico de Licenciatura em História. Apto a dominar as várias concepções metodológicas que referenciam a construção de categorias investigativas e analíticas necessárias à compreensão das relações sócio-históricas. Compreende os fundamentos e as informações básicas acerca das diferentes épocas históricas nas mais diversas configurações sociais. Desenvolve a pesquisa e a produção e difusão do conhecimento sobre a História nas diversas instituições que, de alguma forma, relacionam-se com este tipo de conhecimento. Domina os conteúdos básicos referentes ao processo de ensino-aprendizagem, em especial aqueles necessários ao Ensino Fundamental e Médio.

Claudia Borges Costa - Possui graduação em História pelo Centro Universitário de Brasília (1989). E mestrado pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu - Mestrado em Educação oferecido pela Universidade Católica de Goiás-UCG, com defesa de dissertação em agosto de 2008. Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Brasília - UNB, com defesa realizada em dezembro de 2015. Atualmente, é Profissional da Educação da Rede Municipal de Educação/RME de Goiânia-GO. Tem experiência na área de Educação, com estudos em políticas públicas na modalidade de Educação de Jovens e Adultos/EJA, com ênfase nos seguintes temas: formação do homem e história, trabalho-educação e educação popular.

Ghesley Jorge Xavier - Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Goiás (2009). Atualmente, é professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás-Câmpus Itumbiara, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Ciência, Tecnologia e Sociedade, Química Geral, Química Orgânica, Práticas de Laboratório e Análise de Alimentos.

Jacqueline Maria Barbosa Vitorette - Possui graduação em Bacharel Em Química pela Universidade Federal de Goiás (1991), graduação em Licenciatura em Química, pela Universidade Federal de Goiás (1993), graduação em Licenciatura em Ciências de 1º Grau, pela Universidade Federal de Mato Grosso (1988) e mestrado em Educação Tecnológica pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2001), antigo CEFET-PR. Atualmente, docente do IFG, professor de ensino básico, tecnológico. Doutora em Educação desde 24 de fevereiro de 2014, na Universidade Federal de Goiás- UFG, Faculdade de Educação-FE, Programa de Pós-Graduação em Educação. Participante do Projeto de Pesquisa OBEDUC/2012, com orientação em projeto de pesquisa, coordenadora de Projeto de pesquisa cadastrado no IFG - câmpus Goiânia, orientadora de alunos da especialização em Educação Lato Senso, em Políticas e Gestão da Educação Profissional e Tecnológica.

Luziene Soares Franzão - Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia (1993); Mestrado em Psicologia Social e do Trabalho (UFU, 2007). Atuou como coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos e como professora, durante 7 anos, do referido curso, da Faculdade Politécnica de Uberlândia. Tem experiência na área de Psicologia com ênfase em Psicologia Organizacional, Social e Clínica. Formação clínica em Hipnoterapia Ericksoniana, pelo Instituto Milton Erickson de BH. Atua como psicóloga clínica desde 2005 e trabalha na Clínica AME, em Goiânia/GO. Psicóloga voluntária em Comunidades Terapêuticas para recuperação de dependentes químicos, na cidade de Aparecida de Goiânia. É professora na Faculdade Nossa Senhora Aparecida - FANAP, desde 2014. Cursando Especialização em Políticas e Gestão da Educação profissional e tecnológica, no IFG (Instituto Federal de Goiás). Integrante do grupo de pesquisa sobre Educação de Jovens e Adultos, CAPES/Obeduc.

Maria Emília de Castro Rodrigues - Possui graduação em Pedagogia, pela Universidade Federal de Goiás - UFG (1986), mestrado (2000) e doutorado em Educação, pela UFG (2008). Atualmente, é professora adjunta da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Prática Docente e Educação de Adolescentes Jovens e Adultos, atuando, principalmente, nos seguintes temas: didática, estágio, educação de jovens e adultos, educação popular e formação inicial e continuada de professores.

Ramon Marcelino Ribeiro Júnior - Mestre em Educação em Ciências e Matemática e Licenciado em Química, pela Universidade Federal de Goiás. Membro do Núcleo de Pesquisa em Ensino de Ciências - Nupec/UFG e do Fórum Goiano de EJA. Trabalha, principalmente, com os seguintes temas: Pragmatismo Filosófico de Richard Rorty, Políticas e Propostas Curriculares de Química para o Ensino Médio, Epistemologia da Ciência e Propostas de Formação na/para a EJA Integrada à Educação Profissional.

Selena Carvalho Martins - Possui graduação em Direito, pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2003) e graduação em Gastronomia, pela Faculdade Cambury de Goiânia (2008). Atualmente, é professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Gastronomia, atuando, principalmente, nos seguintes temas: gastronomia, nutrição, cultura e cozinha.

Sueli Corrêa - Possui graduação em Licenciatura Plena em História, pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás.

Vanderleida Rosa de Freitas e Queiroz - Doutora em Educação, pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (UFG). Mestre em Educação, pela UFG. Especialista em Língua Portuguesa e Licenciada em Letras Modernas Português/Inglês, pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e pela Fundação de Ensino Superior de Rio Verde - GO (FESURV). Especialista em Gestão de Turismo e Hotelaria, pela Faculdade Cambury (Goiânia-GO). Professora no Instituto Federal de Goiás (IFG), Câmpus Goiânia, com atuação na docência da Educação Básica e Superior, na modalidade de Educação Profissional, Licenciaturas e Pós-Graduação em Educação Latu e Stricto Sensu. Participa, como pesquisadora colaboradora, do Grupo de Pesquisa vinculado ao Núcleo de Formação de Professores (NUFOP) da UFG, na pesquisa sobre “A produção acadêmica sobre professores(as): estudo interinstitucional da Região Centro Oeste” e da REDECENTRO - Rede de Pesquisadores sobre Professores(as) da Região Centro-Oeste. Atualmente, coordena a Editora IFG.

 
 
Por: R$ 36,40
ISBN: 978-85-7591-451-9
Páginas: 208
Formato: 14 x 21
Altura: 0
Largura: 0
Comprimento: 0
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2017
 
 
Forma de Pagamento :