Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Letramento e Senso Comum - A Popularização da Linguística na Formação do Professor
• Cosme Batista dos Santos

O livro de Cosme Batista dos Santos busca responder como os professores alfabetizadores em formação compreendem e representam conceitos de teorias linguísticas que fazem parte do currículo de formação inicial.  Tais respostas constituem uma importante reflexão sobre como os professores organizam conhecimentos relativos ao seu objeto de ensino, especificamente a escrita na língua materna, e como esses modos singulares de compreensão e organização são mobilizados para fazer sentido em situações de ensino-aprendizagem. (...) O livro traz uma reflexão importante sobre os significados da formação de professores para a educação básica ao comprovar por meio de suas análises que a ação de ensinar é social. O autor nos mostra que construir conhecimentos não é uma atividade exclusivamente cognitiva, pois, nesse processo, atravessam-se histórias e momentos de subjetividade, que, não raro, são desconsiderados pela universidade formadora. (da Apresentação de Angela B. Kleiman)

SOBRE O AUTOR: Cosme Batista dos Santos é mestre e doutor em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas, Unicamp.  Professor Adjunto da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, com atuação nos cursos de Letras, Jornalismo e Pedagogia. Membro do Núcleo de Pesquisa Letramento do Professor do Instituto de Estudos da Linguagem – IEL/Unicamp.  É autor de diversos artigos publicados em revistas especializadas sobre letramento, representações sociais, enunciação e linguística do texto na formação do professor. Desenvolve pesquisas no semiárido baiano sobre Letramento e comunicação intercultural.

 
 
Por: R$ 39,00
ISBN: 978-85-7591-210-2
Páginas: 136
Formato: 14 x 21 cm
Altura: 6
Largura: 14
Comprimento: 21
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2011
 
 
Forma de Pagamento :