Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Avaliação como Oportunidade de Aprendizagem

Um Olhar Transdisciplinar

• Dilva Bertoldi Benvenutti
• Paulo Ricardo Bavaresco
• Roque Strieder

DE R$ 54,00 POR R$ 37,80

Avaliar, como ação educativa, busca estimular e incentivar a aprendizagem do aluno. Esse avaliar se alimenta de estratégias diferenciadas, possibilita a acolhida e a interação dos alunos como aprendentes. Avaliação como oportunidade de aprendizagem é um fazer cotidiano como desafio intelectual que envolve a ação do conhecer visando desocultar aquilo que os conteúdos da matriz curricular permitiram acesso. Esse desocultar requer disposição para conhecer, disposição para investigar, procurar pistas, disposição para as surpresas do fazer descobertas, disposição para entender a dinâmica das relações e inter-relações nos e dos conhecimentos, ou seja, aprendizagem.
Avaliação como oportunidade de aprendizagem é mergulhar na atitude transdisciplinar para, de forma espontânea, iniciar um processo de remediação dos incontáveis danos, psicoafetivos e intelectuais, impostos durante séculos, a alunos e professores. Avaliação como oportunidade de aprendizagem é assumir, como atitude irreversível a intolerância diante da injustiça examinadora, sustento da desigualdade, da dor e do sofrimento que atinge, prioritariamente os considerados menos capazes e também os mais desprotegidos no contexto social, intelectual, legal e econômico. Que a complexidade, que a atitude transdisciplinar reacenda em nós o significado daquilo que nos possibilitou a caminhada humanizadora: colaboração, satisfação pela presença do outro, pelo bem-estar do ajudar, do sentir-se ajudando e do sentir-se sendo ajudado.

SOBRE OS AUTORES:

Roque Strieder é graduado em Ciências 1º Grau e em Ciências Licenciatura Plena com Habilitação em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ijuí (1978, 1983). Especialização em Matemática pela Unijuí/RS (1986) e em Administração Escolar pela UFSC/SC (1991). Mestre em Educação pela UFSC/SC (1996). Doutor em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (1999). Atua como docente no programa de Mestrado em Educação da Unoesc e em cursos de graduação e especialização. Envolvido em projetos de pesquisa da Unoesc, do Pibic/CNPq, Capes e Fapesc. Autor das obras: Produção agrícola integrada: a emergência humana do trabalhador agrícola (2000); Educar para a iniciativa e a solidariedade (2000 e 2004); Educação e humanização: por uma vivência criativa (2002); Diretrizes para a elaboração de projetos de pesquisa (2009); A educação ainda em processo de construção (2012); Nas dobras e endobras da educação inclusiva: da igualdade para a convivência com os diferentes. É autor de vários artigos científicos.

Dilva Bertoldi Benvenutti é graduada em Pedagogia, com habilitação em Educação Infantil, Séries Iniciais e Orientação Educacional pela Faculdade de Ciências e Letras de Palmas, PR (1991). Especialização em Educação Infantil e Séries Iniciais, pela Universidade do Oeste de SC, São Miguel do Oeste, Unoesc (1997). Especialização em Orientação Educacional pela Universidade do Oeste de SC, Chapecó, Unoesc (1997). Mestrado em Educação pela Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc, Chapecó/IPLAC (2001), convalidado pela Universidade de Passo Fundo, UPF, RS (2006). Doutoranda em educação nas Ciências, pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS, Unijuí (2013). Atualmente atua como Coordenadora Administrativa e do Curso de Pedagogia da Unoesc, Maravilha SC. É docente de Cursos de Graduação e Especialização da Unoesc, São Miguel do Oeste Maravilha, SC. Possui publicações de artigos em periódicos na área da Educação.

Paulo Ricardo Bavaresco é Licenciado em História pela Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí, RS (2000), Especialização em Ciências Sociais: História e Geografia pelo Instituto Superior de Educação de Itapiranga - FAI, SC (2001) Mestre em Desenvolvimento Regional pela Fundação Universidade Regional de Blumenau - Furb, SC (2002) e Doutor em Ciências Sociais pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, RS (2010). Atua como docente em cursos de graduação e pós-graduação na Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoesc. Atualmente é Coordenador do Curso de Sociologia pelo Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica - Parfor. Autor da obra Ciclos Econômicos Regionais: Modernização e Empobrecimento do Extremo Oeste Catarinense. É autor de vários artigos científicos na área da Educação, Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional.

 
 
Por: R$ 37,80
ISBN: 978-85-7591-313-0
Páginas: 200
Formato: 14 x 21
Altura: 10
Largura: 14
Comprimento: 21
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2014
 
 
Forma de Pagamento :